segunda-feira, 22 de agosto de 2011

Sons e vibrações mântricas


Músicas (ragasbhajans e kirtans) para meditar, refletir e celebrar a vida em consciência de bhakti-yoga. O som tem o poder de conduzir nossa consciência. Sons e vibrações mântricas podem levar a consciência ao estado de liberação meditativa.
As escrituras explicam que o bhajana é uma maneira de adorar ao Supremo através de puro amor e devoção, entregue como um buquê de flores frescas e aromáticas à cada momento. Adorar a Suprema Personalidade de Deus não é como adorar qualquer outra coisa ou pessoa. Nesta comunhão entre o ser individual e o Ser Supremo ocorre um transbordamento de felicidade e bem aventurança. Muitas vezes, nos bhajanas (cantados em grupo, com instrumentos acústicos e rítmos mais introspectivos) são usados mantras e canções (escritas por poetas místicos vaishnavas) carregadas de sentimentos de amor por Deus e lamentos de separação do Supremo objeto amado.
Kirtana são mantras cantados como uma celebração congregacional, onde se louva as glórias do Ser Supremo. Nesta celebração pode-se sentir a verdadeira constituição do ser, como um eterno servo amoroso da Pessoa Suprema.
Ambos estílos musicais são usados para meditação e são estruturados sobre a ciência musical clássica védica, as ragas. Mais centradas na harmonia, as ragas estabelecem as combinações sonoras que retratam as atividades transcendentais do Supremo, no mundo espiritual. Tais ragassão vibrações que os mais antigos yogis captavam durante suas profundas práticas meditativas com uso de mantras, mais especificamente o Maha-mantra.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget

Follow by Email